9 de março de 2009

Como fazer um poema



A nossa professora diz que continuamos a falar de métrica. Não percebemos muito bem. Apesar disso aquilo que vamos contar é o que a professora Isabel nos disse sobre a melhor forma de fazer um poema. Disse-nos assim:

"Com muito menos fiz o meu poema.
Aprendi-o no vento. Aprendi-o no barro.
Sobretudo na rua. E nalguns livros também.
Porém foi junto aos homens que aprendi
como as palavras são terríveis e sagradas.
Aqui vos deixo o meu poema. Aqui vos deixo
cidade a não rimar com liberdade
liberdade a rimar com estrela e cela
meu poema a rimar com minha vida. Aqui vos deixo
tal como sei
as coisas com que fiz o meu poema.
(…)
Manuel Alegre, “ Como se faz um poema”, in Praça da Canção."

E nós gostamos muito da forma como a professora nos diz os poemas.

Até já.

Sem comentários: